RSS

Arquivo mensal: março 2013

SEMANA: 13 – Mas quem fará isso?

b700-barra-semana-13-pdf

Mas quem fará isso?

SEMANA: 13 ESBOÇO DOMINICAL DATA: 24/03/2013

Mas quem fará isso? perguntou Acabe. O profeta respondeu: Assim diz o Senhor: ‘Os jovens líderes das províncias o farão’. E quem começará a batalha, perguntou. O profeta respondeu: ‘Você’”.

I Reis 20.14

INTRODUÇÃO

Aprendemos com essa história que sempre que alguém está sendo oprimido e humilhado, dispondo-se a buscar a Deus, haverá um livramento. Para que alguém sofra humilhação é necessário que haja um instrumento em forma de pessoa ou situação que sirva para oprimir, mas seja qual for a maneira pela qual Satanás tente impor sofrimento às pessoas há promessa de Deus em prover livramento e também um caminho para concretizar esse livramento. Vamos hoje aprender o caminho para o livramento.

DESENVOLVIMENTO

Nunca ceda terreno ao adversário fazendo concessão ao que ele desejaVs. 04 “Eu e tudo que temos somos teus”. Acabe ofereceu algo ao Rei da Síria na tentativa de buscar um acordo de paz, mas o inimigo sempre quer algo mais. Acabe deveria ter ouvido os oficiais. Vs. 08.

Livramento para o povo de Deus é uma promessa divinaI Reis 20.13 Deus enviou um profeta para fazer a promessa de livramento a Acabe. Não importa qual seja a situação de opressão que você esteja vivendo, segundo a Palavra de Deus sempre existe uma promessa de livramento.Se for doença tem promessa de cura, se é falência tem promessas de restauração, se for necessidade tem promessa de provisão. Sempre existe uma promessa de livramento em qualquer circunstância, mesmo que você esteja no vale da sombra da morte.

Deus sempre age por meio de pessoas – Quando agitados pelos temores das aflições ficamos a espera de pessoas que venham em nosso socorro, mas quem está qualificado para ser instrumento usado por Deus para livramento? A resposta está no verso 14: “Deus usará os jovens”. Não é que Deus use apenas pessoas de pouca idade, mas sim aqueles que se renovam. Não importa a idade que você tem, é preciso saber se você se renova para que Deus possa te usar.

CONCLUSÃO

O diálogo de Acabe com o profeta termina com o rei perguntando quem vai começar o seu livramento. “E quem começara a batalha?” (14). A resposta do profeta é: “Você”.Quem é esse Você? Esse você é você! Para o ‘você’ ser ‘você’ é necessário parar de olhar para as pessoas esperando nelas livramento e socorro. Embora Deus use pessoas o nosso socorro vem do Senhor e quando esperamos nas pessoas podemos nos frustrar. O importante é você se renovar em Deus para ser o você que começará a batalha do teu livramento sendo instrumento de Deus que espera em Deus.

A preparação e entrega de uma mensagem bíblica é fruto do dom de Deus e da dedicação pessoal do pregador. Por isso sugiro um esboço de mensagem, mas cada pregador precisa desenvolver o raciocínio em torno da temática da semana e preparar o seu próprio sermão. Todos os textos podem ser usados, ou parte deles e também podem ser substituídos.

VIP DE 2° FEIRA

Isaías 6.8 Então ouvi a voz do Senhor, conclamando: Quem enviarei? Quem irá por nós? E eu respondi: Eis-me aqui. Envia-me.

Será que já não chegou a hora de você fazer como o profeta Isaías? Deus está procurando quem Ele pode usar para fazer o seu trabalho na terra e você está convocado. Diga a Ele: eis me aqui.

VIP DE 3° FEIRA

Ezequiel 22.30 Procurei entre eles um homem que erguesse o muro e se pusesse na brecha diante de mim e em favor da terra, para que eu não a destruísse, mas não encontrei nem um só.

Deus está no esperando a sua resposta ao seu chamado! Na igreja sempre existirá muitos detetives e jornalistas. Os primeiros descobrem os problemas e dificuldades e os outros contam para todo mundo o que está acontecendo, mas Deus procura quem corrija a situação por meio da oração. Você é detetive, jornalista ou intercessor?

VIP DE 4° FEIRA

Mateus 9.37 Então disse aos seus discípulos: A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos.

Você foi constituído por Deus em sua igreja para servir a Ele e aos homens por meio dos dons e habilidades que Espírito Santo colocou em sua vida. Aquilo que está em suas mãos para ser feito sofrerá prejuízo se você, por qualquer motivo, não fizer. Você também sofrerá dano, pois a sua a sua alegra está em fazer a vontade do Senhor.

VIP DE 5° FEIRA

Josué 24.22 Disse então Josué, Vocês são testemunhas contra vocês mesmos de que escolheram servir ao Senhor. Somos, responderam eles.

Fazer o trabalho do Senhor é fruto de uma decisão pessoal. Precisamos escolher fazer a obra de Deus ou fazer outra obra qualquer. Não somos salvos pelo volume de trabalho que fazemos para Deus, Mas os salvos tem alegria em servir ao Senhor. Sirva-o com alegria!

SOM DO DIA:

Som da 2° feira: Isaías 06

Som da 3° feira: Ezequiel 22

Som da 4° feira: Mateus 09

Som da 5° feira: Josué 24

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23 de março de 2013 em Uncategorized

 

ROTEIRO DA SEMANA 12 – 18 A 23.03.2013

b700-btn-semana-12

GEMES – ROTEIRO DE REUNIÃO

Semana 12 – 18 a 23/03/2013

TEMÁTICA DA SEMANA. Quando e a quem pregar?

Ao líder – Esse é o âmago da reunião:
Quando entendemos para que o Senhor nos resgatou e como nos resgatou (independentemente de quem éramos) não há como ficar omisso ao sofrimento das demais pessoas que ainda não o conhecem. A convicção do amor de Deus por nós, nos impele a nos relacionar e nos parecer mais com Ele. Um homem transformado pelo Senhor passa a revelar a Deus, não somente pelas suas palavras, mas também por meio de suas atitudes. Da mesma forma, um deslize nosso com relação à Palavra de Deus, seguido de arrependimento, pode ser com certeza por Ele perdoado, porém, aqueles que nos observam, podem se aproveitar disto para justificar a sua rejeição à palavra que pregamos.

Leia a temática da semana.

Em II Timóteo 4.2 “Pregue a Palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência” – Todos os crentes em Jesus devem assumir o seu papel depropagador da Palavra de Deus. Não temos outra alternativa. Aquele que de fato é discípulo de Cristo têm a missão e o ministério de falar da sua Verdade. Não há desculpas para não fazê-lo. Nossas limitações não servem de justificativa para nossa inércia em fazê-lo, pois, se não somos capazes de falar a um grande público, somos capazes de falar a alguém individualmente. Se não somos capazes de nos expressar corretamente por meio de vernáculos, somos capazes de falar com nossas atitudes. Igualmente, não há uma ocasião mais oportuna do que outra, toda a ocasião é uma possibilidade para fazê-lo. Podemos pregar a palavra quando repreendemos, corrigimos ou exortamos (incentivamos) alguém. Para isto precisamos conhecer a Palavra e amar as pessoas, compreendendo suas fraquezas (Efésios 6.11,12), quer seja para falarmos de Cristo e dos valores e princípios que norteiam àqueles que o seguem, quer seja para aplicarmos esta mesma Verdade à nossa própria vida, para que sendo nós mesmos transformados, venhamos a influenciar a outros por meio de nosso testemunho revelando este amor de Deus a todos que de alguma forma se aproximem de nós. Porém, devemos estar preparados para a resistência que enfrentaremos, pois as pessoas estão a cada dia mais influenciadas pelo sistema deste mundo que se opõe totalmente a uma vida fundamentada em Cristo e na sua Palavra.

Leia “uma verdade”.

“Sede meus imitadores como eu sou de Cristo” (I Coríntios 11.1)

Converse com as pessoas sobre a “Aplicação” e insira as perguntas quando julgar mais conveniente.

Viver no mundo de hoje e manter o testemunho cristão não é nada fácil. Durante todo o tempo estamos sendo desafiados a dar um firme testemunho de nossa fé em Cristo e na sua Palavra. Somente com a ajuda do Espírito Santo é que o verdadeiro Cristão pode suportar e vencer
este desafio (2 Cor. 4.6-10). Vivemos em um mundo cada vez mais frio e desumano. Isto se dá não porque as pessoas não queiram mais se relacionar ou porque não querem mais amar os outros.Na verdade é o entendimento das mesmas que está cegado por este sistema (2 Corintios
4.4). As pessoas se relacionam com pessoas, portanto, como pessoas temos um forte poder de influência sobre aqueles que estão próximos de nós. Assim não podemos perder a oportunidade de usarmos os nossos relacionamentos para pregar a Palavra e influenciar os outros com o amor de Deus.

Você tem conseguido a todo o tempo dar um firme testemunho de sua fé?

Você pode dar um exemplo de alguma pessoa que você influenciou de forma positiva nos últimos dias?

Você pode compartilhar com os demais qual é a maior dificuldade que você têm em falar do amor de Deus às pessoas?

Oração: Para que cada um possa crescer no seu relacionamento com Deus, vivendo em
santidade e fazendo de sua vida um canal da mensagem do amor de Cristo, pregando a todo
tempo a certeza da salvação que somente Nele temos.

Pr. Francisco Capela

Observações:

• Esse roteiro contempla a dinâmica do compartilhar da temática da semana. As outras atividades da reunião como louvor, orações, testemunhos, quebra gelo, alimentação, etc. são da
responsabilidade do líder, o qual deve organizá-las debaixo de oração e sensibilidade ao Espírito
Santo para saber o que e como é melhor.

•Sem considerar a parte de alimentação o período usado para as reuniões deve compreender de 1h00 a 1h30 devendo haver sensibilidade do líder à direção do Espírito.

•Esse roteiro é uma sugestão que pode ser seguida na integra ou totalmente alterada. O importante é que você seja sensível ao Espírito Santo e se prepare para a reunião por meio da consagração pessoal e acompanhamento de pessoas no dia a dia, então na hora certa o Espírito Santo vai lhe dirigir, apenas não fuja do tema e trabalhe dentro da proposta da semana.

•Você tem dois materiais para se preparar para a reunião: Esse roteiro e o Manual. Estude-os, mas não deixe de buscar a Deus em oração pelas pessoas do seu grupo.

• Não torne a reunião mecânica. Este material e o Manual servem de subsídio no preparo da reunião, portanto leia e estude antes e não se limite a ficar lendo durante a reunião. Quando estiver reunido com as pessoas seja espontâneo e deixe fluir sem se prender a roteiro.

OBS. Você também possui esse roteiro e mais informações sobre o Gemes em meu blog:
http://www.joelstevanatto.com.br

SEMANA 12: QUANDO E A QUEM PREGAR?

VIP DE 2° FEIRA

Atos 20.24 Todavia não me importo, nem considero a minha vida de valor algum para mim mesmo, se tão somente puder terminar a corrida e completar o ministério que o Senhor Jesus me confiou, de testemunhar do evangelho da Graça de Deus.

Pregar é um ministério universal. Todos os crentes devem pregar e a melhor pregação é o testemunho pessoal. Aquilo que Deus fez em sua vida deve servir como base de inspiração para você praticar o evangelismo pessoal.

VIP DE 3° FEIRA

I Coríntios 1.17 Pois Cristo não me enviou para batizar, mas para pregar o Evangelho…

O apóstolo Paulo batizou algumas pessoas, mas não muitas! Sua ênfase ministerial era pregar o evangelho . O batismo é uma ordenança importante, mas não salva ninguém, apenas a fé nascida da pregação do Evangelho pode mudar a história de uma pessoa. Pregue a Palavra de Deus para as pessoas ao seu redor  e confie que nós próximos anos o Espírito Santo vai usar aquela pregação para convencer quem um dia te ouviu.

VIP DE 4° FEIRA

I Timóteo 4.12 Ninguém o despreze pelo fato de você ser jovem, mas seja um exemplo aos fiéis na Palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza.

Lembre-se sempre disso. O seu testemunho de vida fala mais alto do que suas palavras. Viva sempre o Evangelho e abra sua boca para pregar de vez em quando. Como disse certo evangelista famoso: “Pregue sempre e às vezes use a palavra”.

VIP DE 5° FEIRA

Efésios 5.15 Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem..

Semanas ou meses gastos evangelizando uma pessoa se perdem quando em um minuto a conduta pessoal contraria os valores da Palavra de Deus. Cuide mais das suas atitudes do que de suas palavras. As Atitudes possuem um poder de convencimento maior!

VIP DE 6° FEIRA

I Timóteo 4.16 Atente bem para a sua própria a vida e para a doutrina, perseverando nesses deveres, pois, fazendo isso, você salvará tanto a si mesmo como aos que ouvem.

Ter uma vida coerente com aquilo que se fala é uma obrigação! A sua salvação e a de outros depende disso. Se você prega uma coisa e faz outra estará se afastando de Deus e ao mesmo tempo impedindo pessoas de se aproximarem dele.

VIP DE SÁBADO

Tito 3.1 … estejam sempre prontos a fazer tudo o que é bom,

A Bíblia diz que toda boa dádiva vem de Deus, portanto quando você faz o que é bom está anunciando Deus às pessoas, ou seja, está pregando. Não perca oportunidades de fazer o que é bom e saiba que com isso você nunca perderá oportunidades de pregar.

SOM DO DIA:

Som da 2° feira:  Atos 20
Som da 3° feiraI Coríntios 01
Som da 4° feiraI Timóteo 04
Som da 5° feiraEfésios 05
Som da 6° feira: Marcos 16
Som de sábado: Tito 3

b700-loja-mm

 

PREGAR SEMPRE

PREGAR SEMPRE

DATA: 17/03/2013
“Pregue a Palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda paciência e doutrina”.
II Timóteo 4.2

INTRODUÇÃO

Pregar é um imperativo para o verdadeiro cristão. Alguns têm o dom para falar de Deus para grupos de pessoas outros individualmente, o importante é pregar.
•Abordagem às instruções dadas por Paulo ao jovem pregador Timóteo.
•Na época começaram a surgir as distorções da Palavra promovida por falsos pastores e mestres.
“Pois virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina; ao contrário, sentindo coceira nos ouvidos, juntarão mestres para si mesmos, segundo os seus próprios desejos” (II Timóteo 4.3). “Eles se recusarão dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos” (Vs. 04).

Assim como Timóteo estamos sendo desafiados a utilizarmos da Palavra de Deus para edificação de sua igreja e evangelização de todos os povos!

DESENVOLVIMENTO

Para pregar é preciso estar preparado“Estejam sempre prontos a fazer tudo que é bom”. Tito 3.1.

Está preparado aquele que conhece a Deus e coloca a missão como a prioridade de vida.

•Surgem dificuldades: “… seja moderado em tudo… suporte os sofrimentos…” Vs. 05.
•Surgem distrações: “Nenhum soldado se deixa envolver pelos negócios da vida civil, já que deseja agradar aquele que o alistou” II Timóteo 2.4.

Conhecer a Deus (Palavra e experiência pessoal) e colocar a missão como prioridade é a única maneira para suportar as dificuldades, não se distrair e continuar pregando.

Para pregar é preciso ter paciência “Ao servo do Senhor não convém brigar, mas sim, ser amável para com todos, apto para ensinar, paciente”. II Timóteo 2.24.

Pregar não é brigar para convencer pessoas. Pregadores sem paciência ficam irritados e desanimados pela falta ou pela demora dos resultados, e não compreendem que o resultado pertence a Deus.

• Existem culturas agrícolas que demoram anos para produzirem resultados, enquanto outras apenas algumas semanas. O mamoeiro demora de dois a três anos para dar seus frutos enquanto a Oliveira demora quarenta anos para atingir a maturidade e então produzir os melhores frutos.

Para pregar é preciso viver na doutrina“Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem…” Efésios 5.15.

O Evangelho deve ser pregado com a boca e vivido com o resto do corpo.

•Viver o Evangelho exige disciplina comportamental e vigilância contra o pecado.

•Os comportamentos no estilo de vida cristão são determinados pelos valores da Palavra de Deus.

O exemplo de Gayle D. Erwin – O Estilo de Jesus: Padrão de piedade pessoal X como tratam as pessoas.

I Coríntios 3.6-7

•Portanto, é preciso ter doutrina na vida pessoal.

CONCLUSÃO

Pregar não é uma ocupação devocional ou uma profissão, antes um estilo de vida transmitido

prazerosamente por aqueles que o possuem e o tem em alta estima e consideração. Quem valoriza oEvangelho prega o Evangelho!

I Timóteo 4.12,16.

 

Esboço Dominical – Semana 12 – Quando e a quem pregar?

Quando e a quem pregar?

SEMANA: 12                            ESBOÇO DOMINICAL                                                      DATA: 17/03/2013

“Pregue a Palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda paciência e
doutrina”.
II Timóteo 4.2

INTRODUÇÃO

Pregar é um imperativo para o verdadeiro cristão. Alguns têm o dom para falar de Deus para grupos de
pessoas outros individualmente, o importante é pregar.

DESENVOLVIMENTO

Para pregar é preciso estar preparado“Estejam sempre prontos a fazer tudo que é bom”. Tito 3.1. Como

posso apresentar para outras pessoas alguém que não conheço? Quando conhecemos a Deus por meio

da Sua Palavra e de uma experiência pessoal com Ele então adversidades ( do tipo tribulações, provações

ou tentações) não são capazes de nos distrair da missão que temos como cristãos. Na verdade colocamos a
nossa missão como a nossa prioridade de vida.

Além das adversidades outra fonte de distração são nossos projetos pessoais e anseios que roubam

a condição mental necessária para buscar o conhecimento de Deus. Por isso para conhecer a Deus é

necessário colocar essa missão acima de sua própria vida e não se embaraçar com preocupações ou

planos pessoais.1

Para pregar é preciso ter paciência“Pois Cristo não me enviou para batizar, mas para pregar o

Evangelho…” I Coríntios 1.17. Pregadores sem paciência ficam irritados e desanimados pela falta ou pela

demora dos resultados, e não compreendem que o resultado pertence a Deus.2 Existem culturas agrícolas

que demoram anos para produzirem resultados, enquanto outras apenas algumas semanas. O mamoeiro

demora de dois a três anos para dar seus frutos enquanto a Oliveira demora quarenta anos para atingir a

maturidade e então produzir os melhores frutos.

Para pregar é preciso viver na doutrina “Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem…” Efésios

5.15. O Evangelho deve ser pregado com a boca e vivido com o resto do corpo. Viver o Evangelho exige

disciplina comportamental e vigilância contra o pecado. Os comportamentos no estilo de vida cristão são

determinados pelos valores da Palavra de Deus. Portanto, é preciso ter doutrina na vida pessoal.3

CONCLUSÃO

Pregar não é uma ocupação devocional ou uma profissão, antes um estilo de vida transmitido

prazerosamente por aqueles que o possuem e o tem em alta estima e consideração. Quem valoriza o

Evangelho prega o Evangelho!

A preparação e entrega de uma mensagem bíblica é fruto do dom de Deus e da dedicação pessoal do
pregador. Por isso sugiro um esboço de mensagem, mas cada pregador precisa desenvolver o raciocínio em
torno da temática da semana e preparar o seu próprio sermão. Todos os textos podem ser usados, ou parte
deles e também podem ser substituídos.

Atos 20.24;                                                                                                                                                 II Timóteo 2.4                                                                                                                                              I Coríntios 3.6-7
I Timóteo 4.12,16.

 

Semana 11 Identificando-se com os membros da família de Deus!

b700-semana11

SEMANA: 11 ESBOÇO DOMINICAL DATA: 10/03/2013

Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado”.

Marcos 16.16

INTRODUÇÃO

O batismo é a declaração pública de que pertencemos à família de Deus! Quando fazemos parte de um grupo e o amamos temos prazer em declarar a todos que fazemos parte daquele grupo. Você já percebeu como as pessoas usam a camisa do seu time de futebol para declarar o seu amor àquele clube? Assim aqueles que pertencem à família de Deus são batizados e testemunham a todos o amor que possuem pela sua igreja. Quando uma pessoa é batizada ela esta declarando fazer parte da família de Deus e está se identificando com Deus e o seu povo!

DESENVOLVIMENTO

Por que existem pessoas que não se batizam? Várias razões levam a isso:

1-Porque não fazem parte da família de Deus. Elas não se converteram a Jesus. Não possuem nenhuma identificação com os outros crentes. Portanto, não estão dispostas a amarem a Deus através do seu modo de viver.

2-Porque não sentem que aquela família é digna deles. São pessoas que se julgam autossuficientes. Não veem com bons olhos a Igreja e o convívio com os irmãos. Sentem vergonha de serem reconhecidas como crentes.

3-Porque não se sentem dignos daquela família. Estão aprisionados a um sentimento de culpa pelos seus pecados. Não se perdoam e julgam que Deus não pode lhes perdoar pelo que já fizeram de errado. Julgam que Deus não pode aceitá-los em razão de alguns defeitos de temperamento ou coisa parecida.

Mas quem está pronto para o batismo?Na história de Felipe e o Eunuco narrada em Atos 8.26-39 encontramos as características de uma pessoa que experimentou o novo nascimento e está pronto para declarar a sua fé:

A pessoa que tem interesse por Deus. Vs. 28. O eunuco estava lendo a Bíblia. Isso é um exercício espiritual de quem está buscando a Deus, assim como vir a Igreja.

A pessoa que tem disposição para receber ajuda espiritual. Vs. 31. Todo novo convertido precisa de ajuda espiritual e deve se aproximar de crentes verdadeiros. Procure se aproximar de quem pode lhe ajudar na fé, mas tome cuidado com as “imitações”.

A pessoa que acredita que Jesus morreu para perdoar seus pecados. Vs. 37. O eunuco esqueceu-se dos seus méritos e acreditou nos méritos de Jesus para lhe perdoar e lhe entregar uma nova vida.

CONCLUSÃO

Também é preciso uma grande disposição de seguir o seu caminho debaixo da direção de Deus. Ser batizado significa que as atitudes serão novas e não condicionadas ao temperamento ou vontade pessoal. Veja o Verso 39, lá percebemos que o eunuco continuou vivendo a sua vida, morando na mesma casa, trabalhando no mesmo lugar, mas agora tudo tinha a presença de Jesus e ele queria glorificar a Deus em tudo que fazia.

A preparação e entrega de uma mensagem bíblica é fruto do dom de Deus e da dedicação pessoal do pregador. Por isso sugiro um esboço de mensagem, mas cada pregador precisa desenvolver o raciocínio em torno da temática da semana e preparar o seu próprio sermão. Todos os textos podem ser usados, ou parte deles e também podem ser substituídos.

VIP DE 2ª FEIRA

Mateus 28.19 Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai do Filho e do Espírito Santo.

A ordem de Jeus é pregar o evangelho, ensinar os valores do Reino de Deus (fazer discípulos) e batizar. O batismo é feito em nome da trindade expressando a cooperação dela na obra redentora. Não podemos improvisar.

VIP DE 3ª FEIRA

Mateus 11.29 Tomem sobre vocês o meu julgo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas.

Quem aprende de Jesus tem uma alma sarada! Vivemos numa geração de pessoas com a alma doente e sobrecarregada de tensões e problemas emocionais. Aprenda e descanse com Jesus! Não Permita que seus pensamentos, sentimentos, emoções e vontades sejam contaminadas pela ignorância das coisas de Deus.

VIP DE 4ª FEIRA

Atos 8.36-37 Prosseguindo pela estrada, chegaram a um lugar onde havia água. O eunuco disse: Olhe, aqui há água. Que me impede de ser batizado? Disse Filipe: Você pode se crê de todo o coração. O Eunuco respondeu: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus.

O único impedimento para o baatismo é a falta de fé em Jesus Cristo como sendo o Filho de Deus. Crer de todo coração implica na disposição de mudar de vida. Quem acredita em Jesus Cristo como sendo o Filho de Deus está disposto a mudar hábitos e comportamentos. Quem não muda é porque não crê!

VIP DE 5ª FEIRA

Atos 8.28 de volta para casa, sentado em sua carruagem, lia o livro do profeta Isaías.

O eunuco tinha ido adorar e agora lia a Bíblia. Perceba que as pessoas que fazem parte (ou querem fazer parte) da família de Deus possuem interesse pelas coisas espirituais. Elas estão buscando a Deus e quando alguém busca ao Senhor terá uma revelação do Senhor!

VIP DE 6ª FEIRA

Atos 8.31 Ele respondeu: Como posso entender se alguém não me explicar? Assim, convidou Filipe para subir e sentar-se ao seu lado.

O autêntico membro da família de Deus deseja sempre estar aprendendo sobre Deus. Tenha humildade para reconhecer que existem pessoas que sabem mais do que você e convide-as a entrarem na sua vida para transmitirem o conhecimento de Deus que ela possuem!

Leitura Bíblica Diária

SOM da 2ª feiraMateus 28

SOM da 3ª feira – Mateus 11

SOM da 4ª feira – Isaías 50

SOM da 5ª feira - Romanos 09

SOM da 6ª feira – Salmos 122

 
1 comentário

Publicado por em 10 de março de 2013 em Uncategorized

 

O Papa Renunciou!

O PAPA RENUNCIOU!

b290-renuncia-papa

          Nas últimas semanas as mídias em geral foram fartamente alimentadas de subsídios para suas publicações escritas, visuais, radiofônicas e virtuais pelas informações oriundas da decisão de Joseph Ratzinger em desistir da coroa papal. Ouvi e li muitas interpretações diferentes sobre as reais motivações de Bento XVI para efetivar sua renúncia do mais alto posto do clero romano. Desde problemas de saúde até fatores escatológicos rondaram pensamentos e formaram opiniões na mente de muitas pessoas. Todavia, o fato é um só: O Papa cansou!

Cansou da hipocrisia que sustenta um império de riquezas, vaidades e ostentações em nome da religião. Cansou de sua impotência em lidar com as fraudes financeiras do banco do Vaticano e das fraudes emocionais oriundas da pedofilia e das diversas manobras sexuais impostas por aqueles que ostentam a áurea da santidade e o status de guardiões da causa divina na terra. Cansou da mentira da infalibilidade papal, talvez diante de suas próprias fragilidades em lidar com pecados, crimes financeiros e orgias sexuais de subalternos que falam em latim. Num olhar mais otimista cansou de ver o pecado e tentar alimentar um padrão moral de conduta, percebendo o quanto é falível em ações e intenções para combater o mal secular que domina o império religioso construído na babilônia.

O papa cansou, mas qual a novidade disso? Não foi a pessoa ou a instituição que ela representa que cansou, mas sim a estrutura hipócrita do império romano construído nas bases da religião que desmoronou diante do peso da verdade. A moral da história é que a hipocrisia cansa e todos aqueles que desejam viver piamente em Cristo precisam comungar e se posicionar ao lado da verdade – inimiga mortal da hipocrisia.

A grande lição que a renúncia do Papa alemão nos traz é que a hipocrisia faz qualquer pessoa cansar. Portanto, aquele que não deseja cansar na caminhada, nem desistir na construção da obra que lhe foi proposta precisa, necessariamente, se desfazer de qualquer forma de hipocrisia, seja ela aparente ou escondida nos escombros da alma. Quem desejar ter uma família sólida, uma espiritualidade verdadeira, uma profissão honesta e rentável com durabilidade precisa renunciar à hipocrisia, antes que esta o faça renunciar de suas posições e conquistas.

Em março a Igreja OBPC no Mandaqui completa 28 anos de existência, eu completo 25 de pastorado local, 30 de casamento e a denominação a qual pertencemos 57 anos de história como a primeira igreja pentecostal fundada por brasileiros.  A Missão Desafio completou em fevereiro 21 anos de existência. Se não quisermos renunciar por cansaço é preciso abandonar qualquer forma de hipocrisia. Na verdade o que mais cansa pessoas, famílias e instituições diversas é a hipocrisia que foge da verdade e a ela se opõe.

A verdade prevalece e tonifica a vida e o ânimo daqueles que com ela estão comprometidos em aliança inviolável. Se você não desejar renunciar posicione-se do lado da verdade, pois nada podemos contra ela senão em favor dela.

“Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade”.

II Coríntios 13.8

Pela verdade e desejando a você uma boa caminhada (sem renúncia)!

Pastor Joel Stevanatto

pjstevanatto@gmail.com

http://www.joelstevanatto.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de março de 2013 em Palavra Pastoral

 

DEVOCIONAL DIÁRIO – VIP DE 2ª FEIRA

DEVOCIONAL DIÁRIO

VIP DE 2ª FEIRA

Colossenses 3:14 Acima de tudo, porém, revistam-se do amor, que é o elo perfeito.

Falando sobre relacionamentos entre irmãos o Apóstolo Paulo orienta alguns comportamentos para que a igreja viva em paz, depois dessas recomendações ele diz que acima de tudo isto, ou seja, sobre todos esses comportamentos deve estar o amor. O amor liga (é o vinculo) todos esses comportamentos no propósito maior de gerar perfeição na igreja. Ore pela perfeição na igreja!

Leitura Bíblica Diária

SOM da 2ª feiraColossenses 3

VIP DE 3ª FEIRA

Efésios 4:3 Façam todo o esforço para conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.

Depois do amor o que mais une a igreja é a paz. Essa paz é fruto de uma unidade gerada pelo Espírito Santo na igreja, a qual é construída pelos irmãos que mantém comunhão com Deus pela leitura bíblica e oração. Quando estamos juntos em oração e conhecimento de Deus nasce unidade, a qual é mantida por meio da paz. Ore pela paz na igreja!

SOM  da  3° feira - Efésios 4

VIP DE 4ª FEIRA

Efésios 4:2 Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor.

Cito Rock Warren: “Você deve amar apaixonadamente a sua igreja, a despeito de suas imperfeições”. Sabemos o que Deus deseja de cada um de nós para que vivamos em amor e em paz, mas o real é diferente do ideal. Temos diferenças a na medida em que fazemos concessões às faltas dos outros é que nos aproximamos do ideal. Se você procurar encontrará muitas falhas nas pessoas, mas que isso seja visto como oportunidade para praticar humildade, mansidão e longanimidade. Ore pela paixão de cada membro por sua igreja!

SOM  da 4° feira – Provérbios 16

VIP DE 5ª FEIRA

Romanos 14:19 Por isso, esforcemo-nos em promover tudo quanto conduz á paz e à edificação mútua.

Existem coisas da guerra a coisas da paz e naquilo que colocarmos o foco da nossa atenção servirá de combustível para promovermos. Siga as coisas da paz, então colherá paz em sua vida e nos seus relacionamentos, e, ao mesmo tempo, desprezde as coisas – coisas e não pessoas – da guerra. Não dê atenção e nem fale sobre as coisas da guerra. Fale com os irmãos sobre as coisas da paz. Ore pela sua maneira de falar!

SOM  da 5° feira – Romanos 14

VIP DE 6ª FEIRA

Romanos 14:4 Quem é você para julgar o servo alheio? É para o seu senhor que ele está de pé ou cai. E ficará de pé, pois o Senhor é capaz de sustentá-lo.

Estabeleça em seu coração, o propósito de ser um encorajador de seus irmãos. Para ser bem sucedido nessa empreitada procure oportunidades para falar palavras de incentivo e abandone a ideia de criticar seus irmãos para outras pessoas. Mesmo que crie conceitos verdadeiros em sua mente com respeito às pessoas e seus comportamentos, se esses conceitos não promovem tal pessoa nunca fale deles, apenas ore pela pessoa em análise para que Deus a ajude a se concertar. Ore para aprender a encorajar pessoas!

 SOM  da 6° feira – Judas

b550-semana10-roteiro-arte-btn

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de março de 2013 em Uncategorized

 
 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 7.516 outros seguidores